Federação Paulista de Futebol 7 Society

<< Voltar 01/03/2016

Campeonato Paulista Interclubes 2016

Quase tudo pronto para o inicio do Paulista interclubes, destinado exclusivamente aos sócios de clubes esportivos de São Paulo,  08 equipes já confirmaram a participação e são no máximo 10 vagas, conforme definido pelo Conselho das Equipes.

O C.A.Paulistano é o atual BI CAMPEÃO, na edição do ano passado venceu o Santo Américo nos shoot out.

Conheça um pouco mais sobre os clubes participantes os clubes inscritos!!!

  • Club Athletico Paulistano   - Atual bi Campeão Paulista Interclubes, o clube foi fundado em 1900 Fundado em 1900, o Club Athletico Paulistano é uma das mais tradicionais associações social, cultural e esportiva de São Paulo. Localiza-se no privilegiado bairro do Jardim América e ocupa uma área de mais de 41 mil m 2 Promove diariamente atividades esportivas, culturais e sociais. São em média 40 modalidades esportivas, cinema com programação atualizada, teatro, festas, shows, exposições de artes plásticas, cursos e workshops. Destaca-se, principalmente, pela qualidade de lazer e entretenimento que oferece aos associados. O Clube recebe em média 4.300 sócios diariamente, que participam das diversas atividades oferecidas. Público qualificado das mais variadas faixas etárias predominantemente das classes A e B, com alto poder aquisitivo e consumidor em potencial de uma vasta gama de produtos e serviços. Cerca de 50% pertencem à faixa etária a partir dos 40 anos de idade, 20% entre 26 e 40 anos e 30% entre crianças, adolescentes e consumidores até 25 anos. A história do Paulistano inicia-se na virada do século XIX, quando um grupo de jovens teve a ideia de fundar um clube genuinamente brasileiro, contrastando com os demais existentes na época, de origem inglesa ou alemã. A fundação oficial foi no dia 29 de dezembro de 1900. O Clube teve sua primeira sede na rua da Consolação, onde se localizava o Velódromo. Na época, o ciclismo, o remo no rio Tietê e o golfe no Morro dos Ingleses eram os esportes mais praticados em São Paulo. O objetivo do novo clube era promover o futebol dentro do Velódromo, ideia que foi um sucesso nos primeiros 15 anos de história do CAP. Em 1915, o local foi desapropriado para a construção da rua Nestor Pestana, onde se localiza atualmente o Teatro Cultura Artística. O Club Athletico Paulistano mudou-se para um novo local. Em 29 de dezembro de 1917 inaugurou-se a sede atual entre as ruas Honduras e Estados Unidos, no Jardim América.   http://www.paulistano.org.br/clube/apresentacao

  • Santo Américo F.C.  - Atual Vice Campeão Paulista Interclubes, equipe tradicional formada por ex alunos do Colégio Santo Américo, já disputaram o Paulista da 1ª e 2ª Divisões, sendo campeão nesta última. E um dos idealizadores do Campeonato Interclubes de Futebol 7 Society. 

  • Anhembi Tenis Clube  -    Na década de 1960, a cidade de São Paulo, crescia em ritmo sem precedentes.Uma nova classe empreendedora, ligada ao desenvolvimento estonteante da metrópole, manifestava sua preocupação crescente com a modernização da paisagem urbana. Tanto quanto a construção de arranha-céus e fábricas, a “Paulicéia desvairada” demandava espaços condizentes com a nova dinâmica de relações humanas. O convívio social, as práticas físicas salutares e o fomento da cultura formaram o ponto de partida dos grandes projetos remodeladores da cidade.   Cientes dessas premissas, eminentes personalidades da sociedade paulistana, ligadas aos mais variados setores profissionais, organizaram um plano audaz e ambicioso: a construção de um moderno e bem estruturado clube esportivo-social. Liderados por Leonardo de Barros Carvalho, diretor social do São Paulo Futebol Clube na ocasião, o grupo inspirou-se no pioneirismo dos bandeirantes para levar a cabo sua grande missão.    Em 3 de setembro de 1960, com a posse da primeira gestão administrativa, presidida por Barros Carvalho, iniciava-se oficialmente a trajetória de implementação do Anhembi Tênis Clube. Sobre o nome de batismo da entidade, seu primeiro presidente faria a seguinte explanação:    “Chama-se Anhembi, antigo nome do rio Tietê, estrada real das bandeiras que desbravaram o sertão. É um nome tradicionalmente ligado à história de São Paulo.”    http://www.clubeanhembi.com.br  

  • Ipe Clube   -   Um pequeno grupo de jogadores de pelota do E.C. Banespa, descontentes com a descriminação social entre os associados bancários e não bancários, e com os crescentes encargos financeiros que oneravam o orçamento familiar, levou esse grupo, de pouco mais de 10 sócios, a pensar na fundação de um novo clube. O grupo foi tomando vulto e então já acrescido de outros abnegados com o mesmo intuito, ou seja, a “ Fundação de um novo Clube”, mais próximo do centro da cidade, porém ainda na margem da mesma trilha do bonde que servia o bairro de Santo Amaro, passaram a se reunir na Rua Quintino Bocaiúva, 175, no “Prédio das Arcadas”, nas instalações da Associação Paulista de Belas Artes, entidade que ali tinha sua sede, cuja sala fora cedida pelo então presidente Cymbelino de Freitas. Assim no dia 29 de Janeiro de 1946, foi celebrada a primeira reunião dos fundadores do clube, e redigida a primeira ata, onde se decidiu por unanimidade, que os dez primeiros nomes signatários da mesma, fossem considerados os autênticos fundadores da nova entidade, e o nome fora escolhido “Ipê Clube “, devido às arvores de Ipê que existiam na localidade. O terreno da Prefeitura, inicialmente cedido em comodato agora através de um ato jurídico de permissão de uso, é o mesmo em que está erguida a nossa sede esportivo-social. Antigamente a rua denominava-se Rua do Tanque, que era secionada apenas pela Rua Moreira Guimarães (o caminho do aeroporto), depois passou a chamar-se Rua Estado de Israel e hoje Rua Ipê, bem no centro de uma área valorizada, e vizinho do saudável parque Ibirapuera. A bandeira nas cores roxo e amarelo, cores das flores do ipê, tem oito listras, que representam então os dez fundadores, de fato e de direito, que foram:Cymbelino de Freitas, Dario Machado de Oliveira, Horácio Martins, João Vieira Machado, João Dias da Silveira, José Dias da Silveira, José Antonio Sampaio, Octavio Mello, Roger Rosenwald e, Walter Leser.Atualmente o Ipê Clube mantém as tradições da época, tendo seu escudo (antes distintivo, hoje logotipo), e abaixo da palavra IPÊ o sinal de igual, em respeito à igualdade estabelecida entre seus fundadores. A primeira modalidade esportiva desenvolvida no clube foi a pelota, já que foram seus praticantes no Banespa, que tomaram a decisão de fundar outro clube, o “Ipê Clube. Logo em seguida surgiram os praticantes do tênis, futebol, voleibol, basquetebol, bocha e malha. Hoje o Ipe Clube conta com 17 modalidades esportivas olímpicas, e outras tantas de educação física. http://www.novo.ipeclube.com.br 

  • São Paulo Futebol Clube   -   Fundado em 25 de janeiro de 1930 e marcado por histórias de superação, como a refundação do clube em 1935 ou os tempos difíceis da construção do Morumbi, o Tricolor Mais Querido do planeta é o único clube brasileiro a ter conquistado a América e o Mundo por três vezes. É ainda o único Tricampeão consecutivo do Campeonato Brasileiro e o primeiro a conquistá-lo por seis vezes. Tri-Hexacampeão Brasileiro. Dentro das quatro linhas, foi vestindo o Manto Tricolor que o goleiro Caxambu inventou a ponte, que Roberto Dias tornou-se o maior marcador de Pelé, que Raí e Telê comemoraram a vitória sobre o Barcelona, que Müller marcou o gol que fez o italiano Costacurta perder o rumo de Milão, que Rogério Ceni passou a ser o Maior Goleiro Artilheiro do Mundo, além de tantos outros grandes momentos da gloriosa trajetória são-paulina! Foi também defendendo as cores do São Paulo FC que o saltador Adhemar Ferreira da Silva chegou ao ouro olímpico e bateu duas vezes o recorde mundial do salto triplo, e que Éder Jofre, o Galo de Ouro dos 50 nocautes, surgiu para os ringues que um dia estariam a seus pés. Fora de campo, o Tricolor desafiou os críticos e a lógica e construiu o maior estádio particular do Brasil, o Estádio do Morumbi. Seguiu pioneiro em sua aposta na infraestrutura como pilar da excelência no esporte, erguendo ao longo do tempo seu Centro de Treinamento e o Centro de Formação de Atletas. O resultado? O mundo conheceu três vezes. Modelo de gestão no esporte nacional, o Tricolor Paulista mantém-se há anos entre os maiores faturamentos do futebol brasileiro, e a torcida são-paulina é, há tempos, a que mais cresce no Brasil. Dono de um patrimônio invejável, detentor de títulos inalcançáveis para muitos e em movimento constante em busca da excel